post

Identidade gráfica: vale seguir as tendências do design?

Cecília Russo diz que a pessoa que está começando um negócio fica muito concentrada na operação e, muitas vezes, na hora de fazer a própria marca, acaba pegando como referência grandes empresas. Jaime Troiano completa: quando se pensa em marca, não podemos ser simplesmente comodistas e copiar. ‘A marca é a complementação daquilo que você quer comunicar’, explica.